Renato Prieto, que viveu o médico André Luiz no filme, atua e produz espetáculos espíritas desde os anos 1980

Sexta, 08 de Abril de 2011 – 22h44

Ator de ‘Nosso Lar’ apresenta comédia espírita em

Ribeirão

Renato Prieto, que viveu o médico André Luiz no filme, atua e produz espetáculos espíritas desde os anos 1980

Da reportagem Jornal A Cidade

Renato Prieto diz que encomendou peça para relaxar depois do sucesso de ‘Nosso Lar’Foto: DivulgaçãoRenato Prieto diz que encomendou peça para relaxar depois do sucesso de ‘Nosso Lar’

A única certeza nesta vida é a morte? Para os espíritas, não. A vida continua num outro plano e, consequentemente, a morte é uma piada. Partindo desse princípio, Renato Prieto, que interpretou o espírito André Luiz no filme “Nosso Lar”, resolveu fazer uma reflexão sobre o lado cômico deste tema que nos assombra.

Renato havia acabado as gravações do longa-metragem que levou milhões de espectadores para os cinemas, quando pediu ao escritor Cyrano Roselin um texto leve sobre o tema. “Eu vinha muito cansado das filmagens. Então, pensei em fazer algo relax. Queria tocar as pessoas pelo humor”, diz o ator e produtor em entrevista pelo telefone.

“A Morte é Uma Piada” é o mais novo espetáculo da companhia/projeto que leva o nome do ator e é especializada em peças de temática espírita. “São vários causos e histórias costuradas por músicas que estão interligadas a esta temática”, comenta Renato.

Espinha dorsal

A peça estreou no início de 2010 e, após passar por várias capitais do país, chega a Ribeirão Preto para duas apresentações: neste sábado e no domingo. O ator explica que “A Morte é uma Piada” tem algo de comédia standup, com seus quadros e esquetes pontuados pelo humor. “Existe uma espinha dorsal em cima de uma ideia, que é a crença de que existe a vida após a morte”, ressalta.

O espetáculo integra o repertório de 11 peças já montadas pela companhia de Prieto em mais de duas décadas de existência. Tudo começou na década de 80, quando o ator foi convidado a participar da primeira montagem de “Além da Vida” com os atores (e espíritas) Lúcio Mauro e Augusto César Vanucci.

Desde então se tornou especialista em peças baseadas em textos psicografados pelos médiuns Chico Xavier e Divaldo Pereira Franco. As adaptações teatrais são feitas pelo ator, diretor e escritor Cyrano Roselin.

“Com certeza sou um dos pioneiros da adaptação de textos espíritas para o palco”, diz.

Curiosidade

Para Renato, o sucesso de seus espetáculos e de filmes como “Bezerra de Menezes”, “Chico Xavier” e “Nosso Lar” demonstra a curiosidade que o público tem sobre o espiritismo.

“Todo mundo quer saber de onde viemos, porque estamos aqui e para onde vamos. O espiritismo responde tudo isso. É um clamor do inconsciente coletivo para saber mais sobre isso”, argumenta o ator.

A companhia de Renato Prieto foi a primeira a adaptar o texto de “Nosso Lar” para os palcos com muito sucesso. Por causa disso, ele foi escolhido para o papel principal do longa-metragem lançado no ano passado.

“Topei a parada e emagreci 18 quilos para o papel. Gostei muito do filme porque a plateia se emociona”, afirma.

Renato também elogia o filme “Chico Xavier”, dirigido por Daniel Filho e estrelado por Nelson Xavier, ex-ateu que diz ter mudado suas concepções ao interpretar o médium.

“Conheço Nelson. Na verdade, ele adoeceu e passou por um período difícil. Se aprofundou na história de Chico Xavier e aquilo o tocou profundamente”, resume.

Serviço

A Morte é uma Piada
Sábado, às 20h, e domingo, às 19h, no Teatro Municipal
Morro do São Bento s/nº
Ingressos e R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Inf.: (16) 3635-5667

Anúncios