Entrevista do Jornal O Estado do Maranhão

Renato Prieto estará em São Luis do Maranhão com espetáculo
O Semeador de Estrelas


Dias 14 (sábado) às 21 horas e 15 (domingo) às 19h30
TEATRO ARTUR AZEVEDO

Leia a entrevista que o ator Renato Prieto deu ao Jornal o Estado do Maranhão

1 – Você é um ator que pode escolher os personagens que interpreta. Por que representar o Divaldo Pereira Franco?

resp;Existem no Brasil e pelo mundo afora..muitos semeadores da bondade ,,pessoas que doam suas vidas para o bem dos outros..iluminando caminhos.Divaldo merece ter sua historia contada ..minha escolha é uma forma de contribuição para que muitos possam tirar bons exemplos a serem seguidos..viverem melhor..compartilhar mais..ajudar sempre..simplificarem eternamente…e ter consciencia que o planeta somos todos nós..temos que abraçar causas nobres e ajudar os menos favorecidos ensinado-os a pescar..a serem livres.e Divaldo é mestre..vale a pena conferir e se possivel copia-lo.

2 – Qual seria o fio condutor do espetáculo “Semeador de estrelas”?

resp;contamos vários causos e histórias com muita emoção e humor de varios momentos da sua vida..estas histórias são “costuradas” por uma bela trilha musical composta especialmente para o espetáculo..o fio é sempre a vida dele contada sem preocupação com a cronologia…vamos contando..cantando e embalando o público. que ama o espetáculo ja assistido por mais de 200 mil pessoas.em várias capitais brasileiras.incluindo RJ e SP.

3 – O espetáculo pode ser considerado religioso? Você acha que há uma segmentação para o público espírita? Como essa questão é trabalhada na peça?

resp..faço teatro..sem pregação…minha preocupação é contar , mostrar..divulgar..claro que existem um público enorme no pais e mundo cada vez mais interessado em assustos espirituais que se sentem atraidos para este espetáculo..mas na hora que começa o espetáculo vc precisa de uma equipe preparada profissionalmente para emocionar..impactar..estou no palco para representar..este é meu oficio..minha devoção e também minha crença..

4 – Quais os desafios de interpretar uma figura como Divaldo Pereira Franco, que tem uma forte ligação com o mundo espiritual, além de representar um importante nome internacional?

resp; uma responsabilidade muiiito grande..como somos amigos..conversei com ele..pedi sua autorização e so então fui em frente..todo personagem é sempre um grande desafio..procuro me entregar em tudo que faço..a acredito que baseado neste hosnestidade na realização de um projeto ja chegamos a mais de 6 milhões de pessoas que assistiram a todos os nossos espetáculos

5 – Hoje você é espírita. Você já seguia a religião antes de participar dos filmes e peças sobre o tema, ou foi a partir dessas experiências que você optou por segui-la?

resp.sou espirita desde muito jovem..mas para a realização de todos os projetos..estudei..tenho formação academica..faculdade de artes cênicas e continuo ainda hoje e por todo sempre me reciclando..aprendendo e reaprendendo sempre

6 – Nas gravações de alguns filmes sobre o Chico Xavier houve manifestações sobrenaturais. Nos bastidores do “Semeador de Estrelas” aconteceram situações semelhantes?

resp; fenomenos acontecem o tempo todo a nossa volta é só manter-se ligado para o sutil não passar despercebido dentro e fora dos palcos

7– “Nosso lar” foi visto por mais de 7 milhões de brasileiros e ganhou repercussão internacional em festivais de cinema ilustres como o de Cannes. A qual ingrediente você atribui esse sucesso?

resp; acho que os tambores ressoaram por todo o planeta..esta é a hora e o momento..precisamos dar muitos passos..precisamos crescer espiritualmente e o sucesso é uma prova que todos queremos ir adiante..evoluir..compreender de onde viemos..o que estamos fazendo e para onde vamos.dizem que a voz do povo é a voz de Deus….o sucesso é uma prova que todos queremos sim melhorar e viver em PAZ.

8 – Com todo o sucesso de público das produções que marcaram o centenário de Chico Xavier, você acha que o espiritismo pode ser considerado um novo segmento de mercado a ser explorado?

resp;não vejo como segmento a ser ou não explorado…vejo como uma vontade muito grande de todas as filosofias (e o espiritismo é uma filosofia..não religião) ou religiões em compreenderem o porque da vida….das diferenças morais..culturais.sociais .e a doutrina espirita responde muito bem a todos..não existe pergunta sem resposta…dai o interesse por ela..e espero honestamente que ela na vida e nos lares de todos..

9 – Devido a visibilidade comercial dada à religião, você acha que há risco de banalização das crenças espíritas?

resp; depende de quem a conduz..de como é conduzida..cada um terá que arcar com seus atos..quem semeia vento,colhe tempestade. e vejo pelo pais afora os espiritas conduzindo com muita responsabilidade e amor esta filosofia que liberta todos nós das amarras do passado e nos propõe um futuro bastante claro e transparente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Confira também a trajetória de Renato Prieto por ele mesmo no vídeo abaixo.

Anúncios