“ENCONTROS IMPOSSÍVEIS” CHEGA A PETRÓPOLIS – 24, 30 e 31/05 – em benefício da Sociedade Pestalozzi

PEÇA TEATRAL “ENCONTROS IMPOSSÍVEIS” CHEGA A PETRÓPOLIS

Espetáculo terá renda em benefício à Sociedade Pestalozzi

No dia 24 de maio, sexta-feira, e também no feriado de Corpus Christi (30 e 31 de maio) a cidade de Petrópolis receberá a peça teatral “Encontros Impossíveis”, que será apresentada no Theatro D. Pedro.

EncontrosImpossiveis_22-04-2013_1.jpg

Escrita por Rodrigo Fonseca, dramaturgo e crítico de cinema do jornal “O Globo”, “Encontros Impossíveis” conta a história de Adão, jornalista em final de carreira e que, às vésperas de aposentar, traz à tona um sonho que ele julga impossível de ser realizado: entrevistar grandes personalidades que, por já terem morrido, representam para ele um desejo profissional não realizado. Sozinho em seu apartamento na Zona Sul carioca, Adão, fazendo um balanço de sua carreira, começa a ser visitado por tais personalidades. São elas o cantor americano Frank Sinatra, o psicanalista austríaco Sigmund Freud, o médium brasileiro Chico Xavier, as atrizes americanas Marilyn Monroe e Judy Garland, o ativista negro Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá e o pacifista indiano Mahatma Gandhi. Enfim, grandes nomes que, pela história de vida e pelo tempo em que viveram, têm muito a dizer a um jornalista. Personalidades que encantaram, emocionaram e também fizeram a humanidade enxergar além. Adão, ao travar contato com gente tão importante, começa a questionar a própria sanidade, as escolhas que fez e a vida que levou.

A peça é protagonizada pelo ator Renato Prieto, que estrelou o filme “Nosso Lar”, baseado na obra homônima psicografada por Chico Xavier e um dos grandes campeões de bilheteria da recente safra do cinema brasileiro. Renato é também bastante conhecido por protagonizar outros espetáculos de cunho espiritualista, tais como “E a Vida Continua”, “Além da Vida” e “Quem é Morto Sempre Aparece”. Desta vez, ele retorna à cena para dar vida a um personagem que nos faz refletir sobre perdas e conquistas, alegrias e tristezas e também sobre a vida de todos nós, com seus altos e baixos.

Parte da renda das apresentações será destinada à Sociedade Pestalozzi de Petrópolis, que recentemente, devido às enchentes que assolaram a Cidade Imperial, perdeu todos os equipamentos.

Na sexta-feira, 24 de maio, a apresentação será às 20h. Quinta-feira, 30 de maio, às 19h. Sexta-feira, 31 de maio, 20h. O ingresso custa R$ 40,00 e pode ser adquirido na bilheteria do Theatro D. Pedro e também na Livraria Espírita Oswaldo Cruz, Rua Alencar Lima, galeria do Ed. Esperanto. Maiores de 60 anos, estudantes e clientes Unimed pagam meia entrada. Classificação indicativa: 10 anos.

Ficha técnica:
Texto: Rodrigo Fonseca
Direção: Gustavo Gelmini
Elenco: Renato Prieto e Patrick Dadalto
Videografismos: Daniel Todd e Paulo Vinicius Senise
Cenário: Dóris Rollemberg
Iluminação: Celma Ungaro
Figurino: Anete Cota
Coreógrafia: Maíra Maneschy
Técnico responsável: Márcio Boti
Direção de Produção: Xodó
Administração: Fernanda Barbosa
Assessoria de Imprensa: Rogério Faria
Estagiário: Ruan Machado
Realização: Projeto Renato Prieto / Pedrazul Produções Artísticas
Administração do Projeto: Pedrazul Produções Artísticas

Serviço:
Theatro D. Pedro, Praça dos Expedicionários, s/nº, Centro, Petrópolis, RJ.
Sexta-feira, 24/05, às 20h; quinta-feira, 30/05, às 19h; sexta-feira, 31/05, às 20h.
Ingressos: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia)
Classificação: 10 anos

Anúncios